Blog

Novidades do mundo do ecoesporte. Tudo o que há de mais recente:

Mapa Base de Ecoesporte

por | jun 22, 2019 | Cursos | 0 Comentários

O mapa de Ecoesporte pode ser confeccionado a partir de três situações: com mapa base, com mapa topográfico qualquer ou sem mapa base.

Fazer o mapeamento a partir de um bom mapa base, elaborado por modernos meios de levantamento, é a situação ideal e que possibilita a redução do trabalho do mapeador em até 50%.

Neste caso o mapeador tem como mapa base um mapa confeccionado especificamente para este fim, a partir de uma fotografia aérea recente e de grande escala ou a partir de métodos modernos de aerolevantamento.

Uma das modernas tecnologias de levantamento é o LiDAR (da sigla inglesa Light Detection And Ranging), que consiste em um escaneamento a laser do terreno.

O meio de produção do mapa base que a Academia Internacional de Ecoesporte está testando é o levantamento com o uso de Aeronave Remotamente Pilotada – ARPs, também chamados de Drone, que podem ser equipadas com sensores LiDAR, câmera RGB e câmeras térmicas.

A imagem abaixo é da aeronave AT120, desenvolvida pela empresa Auster Tecnologia <https://www.austertecnologia.com/>, usada para o levantamento.

O mapeamento aerofotogramétrico é feito com o uso de uma ARP, tendo sobreposição média das imagens em 80%, garantindo a mesma qualidade e precisão de trabalhos na área da engenharia. As imagens obtidas são processadas em um programa de computador, resultando em um ortomosaico.

O ortomosaico é formado a partir da união e sobreposição de várias ortofotos (fotografias capturadas em uma projeção ortogonal ao plano), gerando uma representação planificada da área de interesse.

Este processo elimina as distorções dando qualidade e precisão geométrica à área mapeada, tornando apropriada a utilização como base cartográfica.

Este processo elimina o efeito da paralaxe, efeito da inclinação das lentes da câmera e as distorções da variação do relevo, possibilitando a representação fidedigna de uma parte da superfície terrestre por meio de uma imagem georreferenciada, com projeção ortogonal ao terreno.

O ortomosaico é a imagem resultante da união de milhares de ortofotos feita por um software de processamento, que é capaz de gerar também o modelo 3D do terreno. Antigamente este processo era feito manualmente.

A imagem abaixo é um ortomosaico para teste, produzido pela empresa Auster Tecnologia.

Esta imagem final é nítida, com alta qualidade espacial e com muita precisão devido ao uso da tecnologia de processamento digital de imagens.

O ortomosaico é digitalizado dando origem ao mapa base, conforme figura abaixo.

Após a verificação da escala e traçado o Norte Magnético no mapa base é feito o mapeamento e classificação dos objetos conforme a simbologia do mapa de Ecoesporte.

É importante destacar que independente da fonte e qualidade do material obtido o mapeador é quem deve traçar o Norte Magnético, conferir a escala e identificar as possíveis distorções. Independentemente da tecnologia empregada e da fonte que produziu o mapa, para o mapeador de Ecoesporte, qualquer mapa será sempre um “mapa base”.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contato

Entre em contato e responderemos o mais breve possível. Muito obrigado desde já.

Telefone

(55) 99971-1247

Endereço

Rua Tenente Carrion, 7
Vila Oliveira
Santa Maria, RS
CEP: 97020-690

Share This